parking

Dicas • Aluguel de carro no exterior

Aluguel de carro no exterior! São tantas perguntas, tantas dúvidas. Mas fique tranquilo, esse post foi feito especialmente para você, com todo cuidado, e por alguém que já passou por todo tipo de experiências, acredite.

Olá pessoal, queria um post sem muito texto, mas nesse caso ficou complicado. Então separei por tópicos, dai você pode ir direto na sua dúvida, sem precisar de  ler tudo.

Uma dúvida constante que o pessoal tem quando vai viajar, é se deve ou não alugar um carro.

Pessoal, isso depende !!! Do roteiro, do tipo de viagem, da cidade que você vai fazer, etc. Eu já aluguei carro em várias viagens, e sou campeão no quesito surpresas (colisão em Saint Tropez/FR, multa em Cannes/FR, multa em Playa Del Carmen/MX, multa em Miami/EUA), mas dificilmente abro mão de um carro, o custo benefício pela mobilidade é excelente, pelo menos no meu caso, que sempre gosto de conhecer a região onde vou.

Algumas cidades é impraticável o aluguel de carro, como por exemplo Londres e NY; outras cidades, você pode optar por alugar ou não, como Cancun e Miami; outras, você deve alugar, como Orlando; tem também aquelas que o melhor são motos, como Mykonos e Ibiza; e até algumas que o melhor são carrinhos de golf, como Isla Mujeres. Bem, essas são algumas experiências minhas. Para onde você vai ? Deixe seu comentário que respondo assim que ver.

Faça o cálculo, alguns destinos vão te oferecer um grande custo para se locomover com o carro também. Em Vegas por exemplo, além de útil é barato, pois todos os hotéis disponibilizam estacionamentos e manobristas gratuitos; já em Miami, o estacionamento de um hotel gira em torno de 30 a 50 dólares noite, e os estacionamentos públicos média de 12 a 20 a noite.

Vamos lá !!!!

IMG_5011

 

 

01). Preciso da PID – permissão internacional para dirigir ?      Qualquer idade é aceita a CNH ?

Nos EUA – Nossa CNH é válida na maioria dos estados. Se você vai Califórnia, Nova York ou Flórida (destinos preferidos dos brasileiros), não se preocupe, estamos liberados. Basta carregar sua CNH brasileira vigente, sempre acompanhada do passaporte. Embora com 18 anos você possa dirigir no Brasil, a idade mínima nos EUA é de 21 anos. Porém com 21 anos você está liberado mediante o pagamento de uma taxa. Já acima de 25 anos, você já consegue dirigir sem pagar taxa extra.

EUROPA – Na Europa nossa carteira também é poderosa, com exceção da Áustria, Grécia e Itália. Desde que sua viagem não ultrapasse seis meses (no caso de Portugal), e três meses nos demais países. Mas adianto que aluguei moto na Grécia com minha habilitação nacional, apresentei para o guarda, e não tive nenhum problema.

Mas tenho que te informar o que diz as leis locais. Caso tenha alguma região no seu roteiro que a CNH brasileira não seja aceita, basta você providenciar a sua PID – permissão internacional para dirigir, o que te evitaria dores de cabeça no final das contas.

 

02). Como se tira a PID ?

Para tirar a PID, você deve procurar o DETRAN do seu estado, cada um com sua peculiaridade. No Detran – SP, você preenche um formulário direto no site e efetua o pagamento de uma taxa de R$224,07. No Rio de Janeiro, o pedido é feito pessoalmente no Detran, inclusive acompanhado de algumas cópias de documentos conforme instrução do site, mais a taxa. O Detran de Minas Gerais assim como o de SP, você preenche pela internet e paga a taxa mais barata de todas de R$ 97,96. Em Brasília a inscrição também é feita pelo site, e a taxa é de R$ 192,82. Os prazos de entrega e validade, cada um tem o seu.

 

03). Alugo o carro no Brasil ou deixo para alugar quando eu chegar no país de destino ?

Já fiz das duas maneiras pessoal, e no final das contas eu indico alugar no Brasil. Eu estaria mentindo se falasse que não consegui alugar mais barato quando cheguei no local, mas não foram todas as vezes.

Mas eu digo que o melhor seria alugar aqui no Brasil por “n”motivos.

1o porque você alugando aqui, não paga IOF de 6,38%, pode pagar em R$, pode parcelar, da melhor maneira que você achar; 2o porque consegue fazer cotações intermináveis; 3o porque consegue pacotes promocionais por quantidade de dias, ou com inclusão de GPS gratuitamente; 4o porque você quando está alugando antes, não corre o risco de pegar o último carro da locadora, todo judiado.

Chegamos em um ponto que praticamente ninguém sabe. Quando você aluga o carro, você vê a fotinha de um Super Camaro conversível, lindão, brilhante, todo todo. Mas quando chega lá, você descobre que aquela fotinha era maior enganação, pois era pra mostrar apenas a “categoria” sujeito a disponibilidade. Dai te entregam um Chrysler vinho, feioso, todo zuado, porque foi o patinho feio largado para traz (aconteceu comigo). Portanto, não esqueça de enviar um email para a Agência de carros que você escolheu, falando a hora e local que chega, solicitando a reserva do tal Camaro lindão, para não ser pego de surpresa.

Caso você chegue na locadora e te entregam um carro terrível, você apenas solicite ao atendente para entrar em contato com as outras unidades próximas, questionar os carros em pátio, e diz que você mesmo vai ao local trocar o veículo. Fiz isso e deu super certo.

car-rental

flydaytonafirst©

De uma olhada na quantidade de categorias que são diversificadas nos aluguéis, por exemplo na Alamo clicando aqui.

categorias

©rentalcars

 

04). Aluguel de carro no exterior é barato ? Inclua o GPS.

Embora essa pergunta tenha um peso relativo, pois o barato depende do quanto você gastaria com transportes alternativos, eu digo tranquilamente que sim, é barato. Principalmente se o objetivo for compras. Esqueça os transportes públicos ou contratados, e pegue logo um carro para você com GPS. Sua liberdade será infinitamente melhor. Antes quem tinha boca ia a Roma, hoje se você tem o GPS dá a volta ao mundo sem falar nada além da língua nativa.

Quando falamos no valor do aluguel, existe este item que é indispensável e não pode ser esquecido : GPS. Quando for alugar o carro, sempre inclua o GPS. O aluguel do GPS é bem carinho sim, por isso você tem que procurar alguma promoção que o GPS vá incluso (muito comum). Caso contrário, você pode pesquisar aplicativos GPS de celular que seja a base de satélite como o Tomtom ou Navmii. Ou, pode comprar chips de telefones no país que chegar, e usar algum aplicativo a base de internet. Talvez, pode também pegar o carro e ir direto para uma loja de eletrônicos comprar um GPS que com certeza sai mais barato que o aluguel a partir de 4 dias.

Caso se arrisque a comprar direto na internet, quando for pesquisar nos sites, abra a aba privada, e faça a pesquisa na língua do local. Normalmente você consegue tarifas mais em conta para pesquisas locais, do que turistas.

 

05). E os seguros na hora de alugar o carro ?

Meu Deus …. eles vão oferecer tantos seguros diferentes, com letrinhas indecifráveis kkkkk LDW, CDW, PAE, PEC, SLI, etc.

Vamos decodifica-las ?

LDW (Loss Damage Waiver) cobertura par danos no veículo em troca do pagamento de uma taxa, como um seguro com franquia.

CDW (Collision Damage Waiver) cobertura ao veículo por colisão, também com uma franquia.

PEC (Personal Effects Coverage): É uma cobertura para roubo ou dano de bens pessoais no interior do carro.

PAE (Personal Accident & Effects Insurance): Esse seguro foca em parte médica de quem estava no carro. Se você contratual seguros viagem, esse PAE é desnecessário.

SLI (Suplemental Liability Insurance): Bacana, esse seguro é contra terceiros, cobrindo até 1 milhão de dólares.

Independente de tudo isso, antes vale a pena ligar no 0800 do seu cartão de crédito e perguntar quais os seguros oferecidos.

forms-feature

©Avis rental cars agency

 

07). Pedágios, multas, acidentes e pane no carro ?

Ok, vamos por partes. Pedágios não são preocupações, sinta-se livre com o “sem parar” estrangeiro. Independente de onde você esteja, o único lugar do mundo onde os pedágios são um roubo, é no Brasil. Os valores serão debitados no seu “sem parar” e depois, cobrados no seu cartão de crédito. Você tem a opção de pagar também, mas levando em conta o valor, não acho que vale a pena, inclusive porque existem guichês, que você obrigatoriamente deve ter o valor trocado, sem direito a troco.

Na Europa é comum você optar por trechos sem pedágios, por vias mais interioranas. Muito mais bonitas, mas claro que a viagem fica mais longa. Quando fiz a Provence/FR queria passar nos vilarejos e adegas, tudo era feito por vias sem pedágios. Pois as vias com pedágios são autovias, e passam por fora de tudo.

Multas, também não são muuuuuuuito preocupantes. Cada país tem seu modo de efetuar o pagamento da multa, e em todos os casos, você tem a opção de não pagar, e assim que a infração chegar para a locadora de carro, ela desconta no seu cartão. O único problema desse caso, é que eles cobram uma taxa pelo serviço. Nos EUA fiz assim, as vezes você pode efetuar o pagamento inclusive na hora. No México, foi diferente, sumiu a placa da frente do meu carro. Fiquei apavorado, como andei muito pela Riviera Maya, pensei que tinha saído na estrada. Na hora de devolver o carro, encostei bem pertinho do carro da frente pensando que esconderia dos atendentes kkkk famoso jeitinho brasileiro. O que eu não sabia era que no México, quando a polícia te multa, ela tira sua placa da frente, e para pegar de volta você precisa ir até o posto indicado na multa, pagar, e pegar a placa de volta. Resultado ? A locadora te cobra a multa mais cara no guichê, porque você não tem o recibo da multa deixado pelo guarda. Na França foi diferente, recebi três multas de uma vez só em Cannes. Deixei o carro dormir na rua, e quando cheguei eles foram me dando multa até eu tirar o carro. Foi engraçado. Para pagar a multa, você pode ir até o posto policial, ou entrar em qualquer Tabacaria, mostrar a multa, e eles ou pagam no guichê, ou te vendem selos do correio. Você cola os selos na multa, coloca na caixa do correio, e voi lá. Multas pagas.

Acidentes. O acidente em que participei, foi sem minha participação. Deixei o carro dormindo no estacionamento do hotel, e quando acordei meu carro estava batido em uma lateral. O motorista devia estar bem chumbado, porque para uma batidinha de estacionamento ele conseguiu estragar bem meu carro. Como meu francês não estava lá essas coisas, não consegui comprar a briga da responsabilidade do hotel no ocorrido. Portanto, a gerente me ajudou a ligar no 0800 da locadora e pegar as instruções do que fazer. Boletim de ocorrência, testemunha, entregar na locadora. Deu tudo certo e não tive que pagar nada. Mas claro que eu tinha seguros do cartão de crédito, além do seguro da própria operadora. Barato e eficiente.

Pane no carro. Caso seu carro dê algum defeito, injustificável ou não, simplesmente não sai do lugar. Tenha em mãos o contrato para ligar no telefone indicado. Depois relax. O atendimento tanto nos EUA como Europa, são impecáveis. No México, você pode ter um trabalhinho dependendo da locadora, por isso sempre opte por grandes locadoras internacionais. (

Tanto para defeito como para acidente, alguns carro vem equipado com um botão de chamada de emergência via satélite, sempre bom perguntar para o atendente se o carro que você está pegando já tem este acessório.)

FullSizeRender

Tive que guardar um dos selos que comprei para pagar as multas de Cannes/FR

 

pegadios

© @raymondyue

 

 

08). Está viajando com crianças ?

Quando for locar o carro, já peça a cadeirinha. Eu fiquei meio assustado, quando fui pegar o carro na França, pedi uma cadeirinha para minha filha de 7 meses, e eles de fato me deram uma cadeirinha virada para frente, e não um bebe conforto. Ela adorou ! Lá será cadeirinha até os três anos, e o assento de 4 e 5 anos. Observação: se você tiver, vale a pena leva uma capa para cadeirinha, porque por mais que procurei a mais nova, não estava bacana.

 

07). Posso pegar o carro em uma cidade e devolver em outra ?

Claro, porém depende da locadora. Algumas locadoras possuem unidades das cidades que vocês precisa, o que ficaria mais barato o custo pelo serviço, ou talvez até free (de graça). Na Europa, como a devolução pode ser comum de ser em outro país, geralmente existem taxas para isso, e não são muito baratas. Fique atento quando for fazer as cotações.

 

08). Observações na hora de locar o carro.

Já te falei para enviar um email antes solicitando a reservar do modelo que você preferir não é ?

Veja as coberturas do seu cartão de crédito, para na hora da locação você contrate apenas o seguro que quiser, e não tiver. É normal o atendente enfiar todos os seguros na sua locação, porque eles tem metas, e na maioria das vezes o turista assinar sem ler. Eu não gosto de contar só com o seguro do cartão, sempre escolho algum que bata no feeling.

Se atente a km livre, e ao tanque de combustível. Sempre opto por pegar e devolver carro com tanque cheio, mas de fato é importante devolver com o tanque cheio, se não o Litro da locadora é praticamente o dobro do Litro nos postos de gasolinas normais.

Faça uma boa vistoria visual na lateria e interior do carro. Caso tenha algo tire foto e mostre ao atendente da locadora para ele marcar na sua via do laudo de entrega.

parking

09). Alugo pela internet ou pela agência de viagens ?

Eu particularmente alugo pela agência de viagens (mas sempre dando uma pesquisa de preços pela internet antes kkkk). As comissões das agências de viagens não são inseridas no custo do aluguel, a locadora depois repassa sem onerar o cliente final (nós). Portanto, eu opto pela agência porque caso dê alguma coisa errada, basta você ligar para elas, de onde você estiver, e falar “se vira”. Essa é a maravilha da prestação de serviço nesses casos J. Independente, opte por pagar em reais aqui no Brasil, assim você não paga o IOF de 6,38% de compras internacionais.

Mas caso queira fazer o aluguel pela internet, segue algumas agências, e comparadoras de preços. (não esqueça do GPS). Lembre-se que conversível é bacana, mas normalmente não tem porta malas para mais de uma mala grande.

aluguel de carros

Alugando pela internet . Opte pelas maiores, pois serão melhores na disponibilidade de veículos, estado dos veículos, possíveis assistências, e até pontos de devolução.

As maiores empresas de alugueis de carro : Alamo, Budget, Sixt, Hertz, Dollar, ou até mesmo um site de cotação em todas www.rentalcars.com (lembrando que ele cobra uma taxinha pelo serviço).

Quando for locar o carro, abra uma aba privada no navegador, e coloque o idioma em inglês, pois os preços será para locais, caso faça a pesquisa de outro país, o site te identifica, e coloca tarifas mais altas (Geralmente. Dica válida também para busca de passagens como as lowcosts europeias).   –  De uma olhadinha no item 03, caso não tenha lido. –

 

UFFA !!!!

 

Gente, é isso ai …. acho que coloquei bastante informações para você não se preocupar. Mas continua com dúvidas ? Deixe um comentário, ou entre em contato por aqui.

Precisa de ajudar com seu pacote ? Procure alguém que já conhece o destino entrando em contato pelo Personal Travel.

 

Boa viagem !!!!!

 

Post/depoimento assinado por @glaucoqueiroz conferido por toda equipe @juntosnomundo.